GCM tentou impedir distribuição de sopa para moradores de rua, acusa Júlio Lancellotti | GGN


Na noite desta quinta-feira (20), o padre Júlio Lancellotti, da Pastoral do Povo de Rua, acusou guardas-civis metropolitanos (GCMs) de tentar impedir a distribuição de sopa para dependentes químicos e moradores de rua na região chamada de Cracolândia, no centro de São Paulo.

Através das redes sociais, o padre afirmou que “o grupo Mensagem de Paz está oferecendo sopa quente, água e acolhida na Cracolândia e estão sendo pressionados e impedidos pela GCM. Informei ao secretário de Segurança Urbana da Prefeitura. É inaceitável”.

O coronel José Roberto Rodrigues, secretário de Segurança Urbana, disse que foi contatado por Lancellotti e que, ao saber do ocorrido, ligou para o responsável pela Guarda Civil na região, pedindo para liberação da entrega do alimento.

Rodrigues afirmou que há um decreto que afirma que o alimento manipulado não pode ser entregue para a população de rua, e também disse que questão da distribuição da sopa foi resolvida.
http://jornalggn.com.br/noticia/gcm-tentou-impedir-distribuicao-de-sopa-para-moradores-de-rua-acusa-julio-lancellotti

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s